Translate

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Penteados, Acessórios de Cabelo e Maquiagem para mulheres de Estilo Romântico



Vamos  começar esta série falando e mostrando alguns penteados para cada estilo.  Estou aguardando vocês enviarem mais fotos mostrando seus penteados e makes  favoritos. Além de fotos de modelos e celebridades, eu gostaria de mostrar como muitas meninas e mulheres normais, como nós, estão criando seu próprio estilo e divando com o seu cabelo natural! Para participar basta enviar suas fotos para blogborboletanocabelo@gmail.com colocando nome completo e cidade/estado.

O primeiro estilo da série de Penteados, Acessórios e de Maquiagem é o Romântico! Eu vou postar cada foto e comentar sobre o penteado e a maquiagem para ir mostrando para vocês as diferenças entre um penteado mais adequado para a noite ou para o dia, um estilo mais formal, mais informal e etc.

O intuito aqui é dar uma noção geral para vocês sobre como usar e manter o seu estilo de uma maneira diferente mas sendo você mesma, para demonstrar  ser mais  formal quando precisar ( para ir a compromissos de trabalho e eventos profissionais)  e informal quando você quiser( para passear, no fim de semana, sair com os amigos e ir para a balada).

É muito importante ter essa noção pois o cabelo e a maquiagem mudam bastante em cada caso. Aqui  a gente  já aprendeu o quanto é fundamental  se apresentar adequadamente para alcançar sucesso no trabalho e na vida. Então, vamos lá! Acompanhem a série que vai ser bem interessante!



Esta primeira foto é um simbolo da mulher romântica. E mostra todas as características de um visual leve, usando tons claros e pastéis tanto na roupa quanto na maquiagem. E o cabelo carrega uma flor, o tipo de acessório mais usado pelas românticas, seja na versão mais natural, estilizada ou moderninha, a flor representa a delicadeza e a feminilidade deste estilo.

Eventos

Dependendo do tipo de evento, o penteado pode ser mais formal ou informal.


Na primeira foto nós temos o estilo romântico apenas no vestido,  na maquiagem e no cabelo os tons mais fortes, como o vermelho na boca e o lenço colorido no cabelo são elementos de outro estilo. O visual acaba criando um efeito romântico e sexy, que fica muito legal para sair em um evento à noite, para balada com amigos ou encontrar o namorado! Na segunda foto por causa dos tons claros, da tiara de pérolas e da cor clara do vestido, ela está uma romântica pura e pronta para ir a recepções mais familiares e formais, como casamentos, festa de Natal da empresa e etc.



Este penteado super lindo combinado com a maquiagem clara e estilo de roupa, um blazer ou casaquinho por cima, fica perfeito para ir a eventos profissionais de trabalho, para ir à um happy hour em um lugar mais chic ou esticar para uma boate ou festa. Super fácil de fazer, é só prender o cabelo para alto com grampos e deixar a franja caida de lado! Adoro!


Estes penteados usando acessórios com flores ficam muito bem para festas formais em geral porque são mais mais elaborados. Na primeira foto o cabelo está puxado para trás com uma fileira de flores e no outro, abaixo, o cabelo está todo preso. Quando a gente prende o cabelo o visual sempre fica mais formal, mais clássico e mais chic. Nos acessórios, as cores mais suaves e pastéis ficam bem para festas de dia. E as cores mais fortes e o preto ficam bem para a noite.





Estes penteados abaixo são puro glamour e combinam bem para festas de todo tipo!


Trabalho

No trabalho, a romântica pode prender a parte da frente do cabelo para variar o look e ficar poderosa. Usar camisa e blazer sempre tornam o visual mais clássico e formal. Se você quer crescer e ocupa posições de liderança use!



Usar acessórios como lenços nos cabelos mais curtos.



 Fazer um rabo de cabelo alto ou um coque no cabelo grande.


Casual

No estilo casual que é aquele mais livre, mais informal, vale usar acessórios mais simples e prender o cabelo de lado. Usar o cabelo preso de forma irregular e bem bangunçado. Fica bem mais pessoal e charmoso! Pode abusar! Funciona bem para sair de dia, de noite, com os amigos, ir para escola, faculdade, compromissos informais ou para quem não trabalha em um ambiente que pede um look mais formal.






Bem, é isso, espero ter ajudado bastante vocês! No próximo post vamos falar de Penteados, Acessórios e Maquiagem para o Estilo Esportivo! Acompanhem os posts.

beijos,
Até semana que vem!


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Ganhe uma limpeza de pele!



Tenha um momento especial de cuidado! Para participar da promoção do Blog é só responder a esta pergunta: Você sabe qual a tonalidade de base para sua pele?  E pronto você já ganhou uma limpeza de pele com produtos da Mary Kay!

Para participar basta enviar um email para blogborboletanocabelo@gmail.com respondendo a pergunta, incluindo seu nome, telefones de contato e email para que possamos agendar um horário com você.

Muitas mulheres tem dificuldade de identificar a sua tonalidade de base e de achar produtos com a tonalidade correta no mercado, principalmente, nós, mulheres mestiças e negras. Eu mesma já passei um bom tempo usando a cor errada. Mas nós vamos resolver o seu problema!

Toda mulher merece ser bem cuidada! Este é um carinho a que todas nós temos direito! 

A promoção é valida até dia 28 de março! Não perca tempo e mande já seu email!


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Sorteio no Blog!



Um presente para os curtidores do blog Borboleta no Cabelo! Para participar basta curtir a fanpage do blog https://www.facebook.com/borboletanocabelo e compartilhar esta imagem que está disponível na página explicando a promoção! 

O sorteio será no dia 25 de março! Divulgue para os amigos e acompanhe os posts. Vem muita coisa boa por ai!




terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Sobre Líderes, Política, Religião e Você





Quando a gente fala em assuntos polêmicos, em discussão sem fim, é porque, geralmente, temos diferenças arraigadas, quase que marcas de nascença, e ninguém pode tirar nossa opinião, pois ela é nossa! Às vezes, é uma obsessão defender certas coisas, tomar certos partidos ou ficar em cima do muro. Realmente, tem coisas que a gente não consegue entender por conta da nossa história pessoal, do nosso nível de consciência e de abertura para o novo. Mas qual o nosso papel para avançarmos o pensamento?



Muita gente vai dizer que é uma questão geracional, de juventude, de estar vivendo em uma época de maior liberdade ou não. Tudo bem, tem a ver, mas não é só isso! A nossa época é a mais liberal de todas, temos tanta informação, conhecimento, oportunidades de aprendizado e porque o conservadorismo continua ganhando adeptos? Porque uma parcela grande da juventude é tão conservadora em ideias, em opiniões? Será que é a formação política, a religião? Ou a falta delas? O que?



Saber valorizar a educação é uma forma de avançarmos como uma sociedade, um país, que quer melhores condições de vida para todos. É preciso saber olhar para frente, mas, claro, entendendo o nosso passado, as nossas diferenças, sejam elas, políticas, ideológicas, religiosas, etc. A História é nossa aliada e nos ensina a pensar. Quando a gente tenta entender algo por esta perspectiva tudo fica mais claro, e, ao mesmo tempo, nos exige mais estudo, mais dedicação, mais leitura, mais pesquisa, mais capacidade de pensar.


Na História a gente entende o papel dos líderes em cada época. Sua participação fundamental para que o curso da História da Humanidade ande para a frente ou para trás. Che Guevara, Mahatma Gandhi, Martin Luther King, José Mujica, Lula e Papa Francisco são exemplos de pessoas que, com suas ideias e ações, mudaram e estão mudando o mundo, as estatísticas, os resultados, as opiniões, abriram diálogos, abriram cabeças e estão influenciando ativamente o pensamento das pessoas, a todo momento, velhas e novas gerações.



Eu sempre vi a História como uma força motora da vida em sociedade, que é capaz de mudar destinos de toda uma nação. Uma pessoa, um pensamento e até sentimentos fazem parte da História. E quem faz a História acontecer? Somos nós, eu e você, e mais milhares de outros seres humanos. Com a ajuda importante dos líderes, é claro! Sejam eles políticos, religiosos ou apenas pessoas de cabeça aberta, com uma certa frequência espiritual do bem!



Se a gente tem essa consciência do nosso poder, se avançar é preciso para salvar a humanidade da fome, do desamparo, da destruição e da barbárie, porque estamos discutindo as coisas nos apegando a ideias e a pensamentos? Porque somos egoístas, mesquinhos, vaidosos, pretensiosos, arrogantes e insanos. O nosso papel aqui é ser um líder também, mas é agir como um líder de verdade! É necessário saber ser humilde, servidor, disposto a dialogar e aprender com os outros, a delegar, a compartilhar e a ser cooperativo. É um papel que nos exige abandonar certas opiniões e a trabalhar com outras bem melhores.



Nós podemos ter diferenças de toda ordem. Elas são importantes e sempre existirão. Mas não podemos nos furtar a um chamado pela Paz, pela união, por um consenso que implica a luta por um mundo melhor, mais inteligente, humano e saudável. Para o mundo mudar, avançar, basta que você mude!


segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Sorteio do CD " A Ponte" da Ana Cristina






domingo, 22 de fevereiro de 2015

Das saudades de uma ex-intercambista



Que saudades de Dublin! De virar suas ruas e atravessar suas pontes. Cada uma diferente da outra, a Ponte dos Cadeados, a mais popular, e a Samuel Beckett Bridge,  em forma de harpa, a mais moderna e linda. De encontrar gente de todo mundo, de andar a cidade toda a pé. Que saudades das minhas amigas queridas, dos colegas de escola, dos passeios de dia e das baladas de noite! De aprender inglês, das crianças que olhei! Tem dias que a saudade é pouca, mas tem dias que ela aumenta, principalmente quando falo com meus amigos que ainda estão lá, os brasileiros que a gente tanto se identifica, mais que todos os estrangeiros.


Que saudades do frio, do vento, da chuva e da neve! Que saudades da Inglaterra, de Manchester, onde também morei e trabalhei por seis meses. Que saudades dos meus lindinhos de lá! Saudades da Amina, do Mohhamad, de brincar com eles. Saudades eternas deles! Como é bom sentir saudades... a gente se emociona ao lembrar de um lugar, mas quando se lembra das pessoas é muito mais forte! São quase três meses aqui de volta ao meu país e eu ainda sinto falta de estar lá!


Saudades para sempre! Dizem que depois de um tempo passa! Será? Que saudade de andar de Luas (metrô) e ônibus em Dublin, o veículo desliza e  parece voar, não balança como aqui, nunca é cheio, tem Wifi, dois andares, conforto, é muito diferente! Que saudades de fazer comprinhas na Penneys no fim de semana. De comprar coisas baratinhas e lindas! Que saudades dos meus lanches, sanduíches de baguete com linguiça e bacon,  e do meu restaurante chinês preferido.




Que saudades de andar pela O´Connel Street, tão larga, e sempre cheia de gente, mas tranquila para não atrapalhar o meu passeio. De olhar as vitrines dos shoppings, das lojas mais bonitas, de observar as pessoas, de ser totalmente anônima. De ficar sentada tomando um solzinho em qualquer lugar. Que saudades de estar descobrindo o mundo, viajando com amigos ou sozinha. Explorando o interior e outros países, de ser desbravadora, aventureira e livre.



Que saudades de ver os artistas tocarem na rua, dando verdadeiros shows na Grafton Street. Que saudades de sentir a vida mais devagar, sem pensar muito no dia seguinte. Que saudades de ser intercambista, de sentir este turbilhão de emoções  e energia. Que saudades de ser estrangeira, imigrante, estudante de línguas, Au pair, mulher e amiga dos meus amigos.



É uma vida que a gente constrói  do nada e que se torna tão importante, tão nossa, tão amada! O bom é que nada nos tira essa  experiência e o conhecimento que trazemos na bagagem. Tudo aqui agora, de volta, é novo, de novo! E temos que nos reinventar. O problema é que dá vontade de viajar toda hora!rsrsrs No próximo feriado talvez eu queira conhecer novos lugares! É que embarcamos no trem doce da vida! Não dá para voltar!



quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Carnaval - Memória, Invenção e Alegria!



Carnaval - Samba no pé, bloco, marchinhas, maracatu, frexo, axé, funk, eu topo tudo que vier. É a festa da música,  da alegria, de gente que gosta de viver, de se alegrar, de brincar, de se recolher. Sim, há quem goste do carnaval só por conta do feriado mesmo, para poder viajar, curtir uma folga e ficar bem longe da multidão. Eu gosto de carnaval desde criança. Já pulei em clubes, passsei na praia, pulei em cidades históricas e fui até para Olinda. Mas também já fiquei quieta em casa, vendo os desfiles de carnaval, já passei acampada na Serra do Cipó, bem longe da festa. Mas minha paixão por esta festa brasileira nunca acaba. O carnaval é o ponto alto da cultura brasileira. É essa alegria fantasiada que a gente conhece desde criança e não tem como não admirar.

O carnaval é a nossa festa da Esperança. É a celebração mais sincera dos nossos costumes mais ancestrais, de como aprendemos a ser felizes, através do batuque, da música, da dança, do resgate da nossa história, da valorização do nosso povo e dos seus talentos. O carnaval é a festa da criatividade, do luxo, do requinte, do alegórico, do engraçado, da fantasia. É nossa hora de brincar de ser feliz, de tirar e colocar outras máscaras e cair na folia, sem nenhuma inibição. A gente até samba sem saber, se alegra sem saber porquê, e segue em frente, que essa alegria sem motivo é necessária para dar conta da vida. O Brasil nasceu assim rindo para ficar contente. E a gente brinca para tirar alegria da tristeza, ou melhor, transformar o lamento em redenção.

 Sem o carnaval o nosso povo não teria uma identidade tão marcada pela alegria. Mas não é só isso. O brasileiro é forte, é bravo, é guerreiro, e mesmo com todos os problemas que enfrenta sabe sorrir e dar a volta por cima. O carnaval é isso. É a nossa capacidade de lutar para transformar sonhos em realidade. É nossa firmeza no chão, na luta, no trabalho, no dia-a-dia, mas movido, motivado, pelo sonho que um dia tudo será melhor. Do barracão de favela saem as fantasias e alegorias mais lindas e suntuosas, cuidadosamente confeccionadas por gente humilde, batalhadora, que vive sem nenhum luxo. Fazer este carnaval acontecer na Avenida, na Marques de Sapucaí, é viver a realização de um sonho de grandeza, de superação, que só o samba faz, que só uma escola traz.

Se o carnaval é a grande festa brasileira é porque precisamos de festa, apesar da tristeza. A nossa real alegria não  é  simplesmente espontânea, nascida de uma alegria sem motivo apenas. Ela passa, intensamente, pela experiência da tristeza, das perdas, das faltas, dos abandonos, dos descasos, de que a maioria da população sente e se ressente a todo momento.  A nossa alegria é fruto da nossa luta, de tirar forças das tripas, do fundo do coração, de onde a gente nem sabe para poder seguir em frente. Porque não aceitamos a tristeza como nossa marca. Somos felizes sim, no carnaval, por alguns dias. E nos outros 300 dias mais, durante todo o ano, quando reunimos nossas energias para trabalhar por um novo enredo, para começar tudo de novo, a cada instante, com toda a esperança de que temos direito. Somos felizes sim porque nossa natureza é resistir.

Uma das coisas mais bonitas do carnaval brasileiro é a valorização da nossa História, da nossa cultura e da nossa gente. Acho comovente e muito digno, que a nossa alma seja preservada justamente pela invenção e a genialidade das pessoas mais simples, dos carnavalescos das escolas de samba, pelos músicos, mulheres e crianças das vilas e favelas. E são sambas-enredos lindos que conduzem essa festa maravilhosa, cheios de força, ritmo e energia. Essa festa que é única, é nossa, amada e admirada pelo mundo inteiro, é um show de vida! Salve o Brasil! Que o carnaval nunca foi um atraso de vida para gente!

Minha opinião, simples e singela, é de que precisamos do carnaval! Sem ele, não teríamos tanta esperança e tanta força para seguir em frente. Depois de tantos tropeços, de tantas malandragens que vem lá de cima, da classe do luxo sem luta, precisamos de ter alguma alegria, de tomar uma e se divertir. Senão ninguém aguenta. É como o nosso grande poeta Chico Buarque de Holanda canta: “Apesar de você, amanhã há de ser outro dia!”.  É por ai... Precisamos cantar, sambar e espantar a tristeza porque a nossa felicidade é uma construção, uma invenção, é o nosso jeitinho brasileiro de enfrentar a vida!



quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Cantora realiza campanha colaborativa

                                                                                                       Foto: GLênio Campregher


A cantora mineira Ana Cristina vai lançar este ano o seu oitavo CD de carreira, “Sobre o Tempo”, em que desfila um roteiro baseado em pesquisa, no qual todas as músicas falam sobre o tempo, suas influências, suas lembranças. Mas para finalizar o projeto, que só se concretizou graças a campanha colaborativa “Adote uma canção” para o pagamento dos direitos autorais, se faz necessária uma nova meta de arrecadação. Para levar o projeto adiante, a cantora está promovendo mais uma campanha colaborativa, o “Vale-CD” no valor de 30 reais, que inclui o CD autografado, um convite para o lançamento, que deve ser em Abril, e a participação em sorteios. 

Para contribuir, acesse o Facebook de Ana Cristina (www.facebook.com/anavicout) ou entre em contato pelo e-mail anacantora1@gmail.com.

A primeira apresentação do projeto foi na virada do século com grande comoção por parte da platéia, tanto pela qualidade das canções escolhidas quanto pelas interpretações da cantora. Com a previsão inicial de gravação em 2008, por circunstâncias de ordem pessoal, Ana acabou por engavetar o projeto do CD. No fim de 2014, surgiu uma “necessidade” interna de retomar a proposta. Mas a retomada do repertório veio com o desejo de refazer todos os arranjos e praticamente recomeçar do zero.



Com a colaboração dos músicos e “cúmplices” Caio Gracco (que assina os arranjos e direção musical de todos os CDs da cantora), Cláudio Moraleida e Léo Pires, além de Rogério Delayon, em preciosas participações, Ana passeia por um repertório em que mostra “o avesso do relógio”, como define: a expressão poética e, às vezes, filosófica, de quem vê o tempo como entidade, circunstância, conseqüência. De Assis Valente a Cazuza, de Ataulfo Alves a Sérgio Moreira, compositores de várias tendências desfilam sua versão musical sobre o tempo.

Radicada há 35 anos em BH, essa itabirana “de carteirinha” tem papel importante na geração de compositoras e intérpretes surgidas nos anos 1990, em Minas. Independente, tem lançados os trabalhos “Outras Esquinas” - 1995, “A Ponte” - 2000, a coletânea “Diário”, de composições próprias, de 2002), “Poemas Musicados” (2003) e os infantis “Histórias Cantadas da Arca de Noé” volumes 1 (2005) e 2(2007) e “Aquático”, recém lançado, no final de 2014.


Confira o repertório:





Ana Cristina na Internet:

www.anacristina.com.br // matizcultural.wix.com/aquatico // caravanapoetica.wix.com/historiasdaarca
Youtube: anavicout




segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Respondendo TAGs - #Eu, blogueir@





Olá, pessoal

Esta é minha resposta a primeira TAG de 2015!! Eu fui tagueada, isso quer dizer que meu blog foi indicado para responder algumas perguntas.

A TAG é #Eu, blogueir@, que possui 4 regras básicas, sequenciadas e respondidas de A-D, aí embaixo:


A) Publicar os dois banners oficiais da TAG na postagem:































B) Passar o link do blogueiro que te indicou:

A indicação veio da Nuccia de Cicco, http://1001nuccias.blogspot.com.br/, cujo blog é super interessante!

C) Responder as 20 perguntas:

1 - Quando e por que decidiu ser blogueiro (a)?

Eu adoro escrever e sou jornalista, então juntou a fome com a vontade comer. Eu comecei meu blog em janeiro de 2010, após sair de um emprego no qual aprendi bastante em todos os sentidos. Meu primeiro impulso foi escrever pensamentos, coisas reflexivas, muitas delas, relacionadas com as experiências que eu vivi. Também comecei a publicar minhas poesias. Escrevo poemas, de vez em quando. Depois a vontade de escrever sobre tudo foi vindo, sobre livros, cinema, viagens, lugares e pessoas que eu conhecia. O universo do blog foi se ampliando e hoje falo de cabelo natural, beleza, estilo e mais tudo isso. As coisas foram se ligando. O blog é bem a minha cara, escrevo sobre tudo que eu gosto, admiro, acho legal, importante e quero compartilhar isso com as pessoas.

2 - De onde veio a inspiração para o nome do seu blog?
A inspiração veio de vários lugares porque eu adoro borboleta e ela sempre teve um significado muito intuitivo para mim. Sempre que eu via uma borboleta ou um beija-flor, eu imaginava que alguma coisa legal ia acontecer e realmente acontecia. Simplesmente mágico. Aí um dia eu ganhei uma borboleta de uma colega de trabalho. Era uma borboleta artesanal, de feltro, toda colorida, linda! Eu adorei o presente e aquilo teve um significado especial para mim. Era um acessório para colocar no cabelo. Uma “Borboleta no Cabelo”! Eu nunca fui muito de usar acessórios no cabelo, de vez em quando eu usava alguma coisa, mas esta borboleta eu usei demais, adorava. O nome veio assim e achei ele bem poético e significativo porque a borboleta representa uma transformação, uma mudança, e eu estava vivendo este momento quando criei o blog.

3 - Quanto tempo de vida tem seu blog?

O blog tem 5 anos de vida!

4 - Qual o conteúdo principal do seu blog?

Vários! Não tem como falar em principal porque todos os meus temas são relevantes para mim. Eu escrevo textos bem pessoais, sobre a vida, viagens, poesia, espiritualidade, reflexões. Tem também opiniões políticas, culturais, sobre arte, cinema, livros, música, jornalismo, História, sustentabilidade, design, meio ambiente, e sobre beleza, cabelos naturais e estilo. Enfim, é sobre tudo aquilo que eu curto mesmo.

5 - Quais são os horários que você cria as postagens?


Quando eu vejo que tenho uma ideia boa ou um texto quase todo pronto na minha cabeça. Eu até sonho com eles! Então eu tiro uma hora do dia para escrever, mas não tem hora certa não, pode ser de manhã, de tarde, ou de noite.

6 - Tem algum lugar especial onde cria as postagens?

Não, já escrevi em vários lugares.

7 - O que você acha que deve melhorar como blogueiro (a)?

Escrever mais e mais! E postar coisas novas todos os dias!

8 - Prefere responder aos seus leitores no próprio blog ou responde ao visitar as outras blogueiras e blogueiros?


Respondo aqui ou vou no blog. O mundo dos blogueiros é bem legal e a gente troca bastante ideia assim!

9 - Na sua opinião, o que é mais legal em ser blogueiro (a)?

Você escrever seus textos com liberdade total e irrestrita! E compartilhar com seus amigos, conhecidos e milhares de pessoas que você nem conhece, mas que tem alguma afinidade com você. Interagir, conhecer novas pessoas e novas ideias.

10 - Você retribui a todas as visitas que recebe no blog?


Sim, quando alguém visita e deixa seu link no blog eu geralmente visito.


11 - O que NÃO gosta no mundo dos blogs?

SPAM, principalmente. Gosto de blog sem muita coisa piscando na minha frente.

12 - Cite três blogueiras (ou blogueiros) que admira e gostaria de conhecer pessoalmente?

https://cartasparafrancisco.wordpress.com , http://www.crisguerra.com.br/hoje-vou-assim/, da Cris Guerra

http://www.justlia.com.br/, da Lia Camargo

http://sincerelyjules.com/, da Julie Sarinana

13 - O que seus pais, seus familiares e seus amigos acham de você ser blogueira? Eles leem seu blog?

Não sei se leem muito o blog! Acho que dão uma olhada de vez em quando!

14 - Qual a maior inspiração para responder as postagens?

Fazer com vontade, com prazer.

15 - Quando esta escrevendo um post, costuma comer ou beber alguma coisa? O que?

Lanches e almoço até!

16 - Qual assunto você não publicaria jamais?

Incitação a ódio e preconceitos de qualquer tipo.

17 - Faz posts pelo celula
r?

Não. Faltam recursos nesses tipos de dispositivos (celular e tablet). Pelo lap top é sempre melhor.

18 - Tem canal no youtube? Se a resposta for sim, deixe o link.

Sim, tem alguns vídeos pessoais, de viagens, de programas de TV, música e canais que eu curto! https://www.youtube.com/user/borboletanocabelo

19 - Quantos blogs você tem?

Somente um, até agora! Mas de vez em quando colaboro em outros.

20 - Que conselho daria a todas as blogueiras e blogueiros?


Escrevam com prazer, alegria, entusiasmo, bem felizes, assim o texto flui e você compartilha uma coisa boa com o universo.

D) Indicar 5 blogs:

http://imersaolatina.blogspot.com.br/, do Instituto Imersão Latina – Imel

http://www.coletivocontorno.blogspot.com.br/, do Coletivo Contorno

http://www.carpinejar.blogspot.com.br/, do Fabrício Carpinejar

http://benditablog.blogspot.com.br/, da Bendita Conteúdo e Imagem

http://www.blogdonaonca.com/, da Carol Alcântara


Não foi marcado, mas gostaria de responder? Cara, não fique triste... Fique à vontade! Basta seguir as 4 regras da Tag.

Eu gosto muito de participar de TAGs desse jeito, pois é uma maneira de os seguidores/leitores e blogueiros conhecerem-se um pouco mais.

E você, o que achou? Deixe seu comentário!





sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Penteados, Acessórios de Cabelo e Maquiagem



Cacheadas e Crespas do meu Brasil minha próxima série de posts será sobre Penteados, Acessórios de cabelo e Maquiagem para cada estilo. E, para isso, eu vou precisar da colaboração de vocês! Enviem fotos com seus penteados, acessórios e makes preferidos. As fotos serão utilizadas para ilustrar os posts no blog. 


Nesta série vou abordar outros aspectos interessantes da Consultoria de Imagem, como formatos de rosto e sombrancelhas mais adequadas, cores e estilo de acessórios para cabelo, penteados e makes para cada ocasião: formal ou informal, para ambiente de trabalho, festas e baladas. 

Preciso de fotos de cabelos curtos, médios e longos, de todas as cores e tipos. Para participar basta enviar as suas fotos com nome completo, Estado/ Cidade para o email: blogborboletanocabelo@gmail.com 

Vai ser uma série especial para mostrar todo o poder, criatividade e personalidade da mulher brasileira. As postagens começam na semana que vem! 

Participem!

Até mais,
beijos


quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Porque viajar é preciso!



Quando a gente sente que precisa de descansar, se divertir, dar um tempo de tudo, refletir sobre a vida, o que a gente faz? Viaja. Sim. Mesmo que você não tenha dinheiro e nem esteja de férias, é possível dar uma volta pela cidade, dar uma caminhada numa rua tranquila ou num parque, pegar um ônibus ou o carro e ir para outro canto da cidade com uma paisagem mais bonita, mais leve. Ir para outra cidade mais próxima, que tenha outros ares, passar o dia todo e voltar. Isto tudo é possível. E é assim que a gente começa e aprende a viajar na vida.

Também é possível ir para sua janela e sonhar. Se a vista não for boa, vá para o canto mais gostoso da casa e faça um momento relax só seu. Primeiro um alongamento de todos os músculos do corpo, depois uma massagem nas pernas e nos pés. Fique leve! Sente-se confortável e anote todos os seus desejos num caderno. Esvazie sua cabeça. Escreva. Coisas bonitas. Desenhe. Imagine. Tenha seu momento criativo. Faça poemas. Leia um bom livro. Isso tudo é uma viagem! Vá em frente! Veja um bom filme, daqueles bons de verdade e durma feliz! Não deixe que nada atrapalhe esta hora.

A gente ainda pode pegar o telefone fixo e conversar com um amigo. As pessoas se esqueceram do quanto isto é gostoso e nos leva para outros mundos. O mundo do outro, das suas dificuldades, vitórias e desafios. A gente troca ideia, se enriquece, se relaciona. Você também pode encontrá-lo ao vivo, fazer um programa legal, se relacionar de uma forma mais intíma, dar um abraço, um beijo, olhar nos olhos, mas sem ficar olhando o celular a todo instante, por favor. Ninguém merece isso.

Quando você resolver se abrir para o mundo de possibilidades que existem por aí, vai ver que viajar é só uma questão de começar. Sim. As viagens farão parte de sua vida. Não espere o momento certo, quando tiver dinheiro, quando tiver companhia, quando estiver namorando, casado, separado, nada é empecilho. Simplesmente vá a qualquer lugar do mundo exterior, de preferência com alguma natureza por perto, e dê uma respirada profunda várias vezes. Observe. Relaxe. Viaje. Tenha insights. Bons pensamentos positivos. Desanuvie.

Compre um bom mapa do Brasil e um mapa mundi bem grande, daqueles que dá para ver o nome das principais cidades e países. Ou imprima um de algum site da internet. Coloque na sua sala ou no seu quarto, bem bonitinho, estilo decoração. E comece a admirá-lo, namorá-lo. Escolha a sua próxima viagem e marque o nome da cidade no mapa. Comece a pesquisar o preço de passagens, estadias, passeios, roteiros. Planeje. Economize. Tenha em mente que deve ser algo possível para você dentro das suas condições atuais. Você pode passar um fim de semana ou apenas um dia em algum lugar e depois voltar a noite. Explore o interior. Em Minas Gerais, por exemplo, tem cidades históricas lindas. Você já conhece todas? Já fez um bate e volta em Sabará?

Eu comecei a viajar bem cedo nas imagens dos livros que eu lia, criava tudo na minha cabeça como um filme. Mas só conheci o mar aos 19 anos, em Guarapari, na Praia do Morro, numa destas excursões de jornal que geralmente são furadas e a minha quase foi, mas me diverti. Fiz meu primeiro intercâmbio cultural aos 40 anos, mas com carinha de 20 rsrsrs, e aproveitei demais. Não há hora certa para nada nesta vida. Só há o tempo de viver. E viajar é preciso porque simplesmente é preciso viver. Curta a sua hora, o seu momento de ser feliz e viaje sempre!Não há nada melhor para fazer!