Translate

segunda-feira, 25 de março de 2013

Patrick´s Day





Dia 17 de março é um dia muito importante na Irlanda - celebra-se o seu santo padroeiro. Os Irlandeses e seus descendentes nos Estados Unidos e em todo o mundo comemoram o St. Patrick's Day - Dia de São Patrício, conhecido por ter trazido a religião católica para a Irlanda. St. Patrick's Day é comemorado pelo irlandês em cidades grandes e pequenas, como se fosse o nosso carnaval - podemos comparar como os "Desfiles de Carnaval de Rua". 


A parada St. Patrick's Day é um  grande evento que reúne familías inteiras nas ruas. Após o desfile todo mundo vai para a região do Temple Bar beber onde a festa continua. É uma loucura de diversão! Pubs lotados e o povo bebendo na rua. É o único dia que beber na rua é mais ou menos liberado em Dublin!


Algumas comunidades chegam até a tingir rios ou córregos de verde! As pessoas vestem-se de verde, pintam trevos no rosto, porque o trevo é o símbolo da Irlanda, St Patrick usava-o como uma metáfora para explicar o conceito da Santíssima Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo). Entre as crianças, há a tradição de beliscar os amigos que não vestem verde neste dia!




  












domingo, 24 de março de 2013

Malahide Castle


                                                         Malahide Castle
                                                      
Eu fui conhecer Malahide nas primeiras semanas aqui em Dublin. Fomos eu, Neyla, Roberta e suas amigas. Era um sábado bem frio e já sabíamos que lá estaria mais frio ainda. Fomos de trem e chegamos em quinze minutos. Malahide é um vilarejo pequeno com uma praia e um parque que abriga um castelo medieval e jardins muito bonitos. O Malahide Castle tem cerca de 250 acres. Ele pertenceu à família Talbot de 1185 até 1975, ou seja 790 anos! A construção do castelo começou quando Richard Talbot, um cavaleiro que acompanhou Henrique II à Irlanda em 1174, recebeu as "terras e porto de Malahide". As partes mais antigas do castelo datam do século 12.


Eu achei o castelo meio assustador! Os jardins são bonitos mas também assustam, é uma natureza bem diferente da brasileira. Alguns jardins parecem um pouco com aquelas florestas mal assombradas de filmes. Nesse dia nevou bastante e e a sensação térmica foi de menos - 4 graus de temperatura! Ou seja, quase congelei, mas mesmo assim, fomos passear pela orla da praia que é bem bonita! Foi um dia bem divertido com ótimas companhias. A gente corria, pulava e cantava para espantar o frio! 









Temple Bar

                                                          Temple Bar
                                                   
O Temple Bar é um dos mais antigos pubs de Dublin. Na área em volta do pub há uma dezena de outros pubs que atraem turistas. A maioria dos pubs tem música ao vivo e não cobram entrada. É uma área cultural muito alegre e festiva. A Guinness faz muito sucesso nos bares, mas há outras marcas também como a Carlsberg. A região do Temple Bar é um importante centro da vida noturna de Dublin, com várias pubs e restaurantes de comidas típicas. A área também abriga centros e circuitos culturais, incluindo o Centro Irlandês de Fotografia (Irish Photography Centre), o Instituto de Fotografia de Dublim, os Arquivos Nactionais de Fotografia e a Galeria de Fotografia), o Centro Cultural Infantil de Ark (Ark Children's Cultural Centre), o Instituto Irlandês do Cinema (Irish Film Institute), o centro musical Temple Bar Music Centre, o centro de arte moderna Arthouse Multimedia Centre, a galeria Temple Bar Gallery and Studio, a bolsa de valores da Irlanda (Irish Stock Exchange ou Stocmhalartán na hÉireann) e o Banco Central da Irlanda.


quinta-feira, 14 de março de 2013

Dublin!


Já conheci muita gente por aqui! Brasileiros, a maioria! Muita gente bacana! Todo mundo muito legal, aberto e muito cooperativo! Desde o primeiro dia aqui em Dublin, eu também tive uma ótima impressão dos irlandeses. Logo no dia da chegada, um irlandês que estava estacionando o carro na rua me ajudou a carregar as malas até o Hostel. Uma gracinha! Ele perguntou de onde eu era, o meu nome e se apresentou! Um fofo! Nas ruas eles nem esbarram direito em você e já dizem: sorry! Qualquer coisa: thank you! Estou me comunicando bem por aqui e me virando numa boa! Todo mundo é muito simpático!

                                           Turma do Hostel no Temple Bar


                                            Happy Hour no Hostel Generation


                                           Neyla, Roberta e eu